Esqueceu sua senha? Você pode usar o mecanismo de lembrete neste link: Recuperar senha

Você receberá um link de reativação no email cadastrado.

Não recebeu o email? Lembre-se checar o Lixo Eletrônico.

Configurando servidor DNS Bind no CentOS 7

Tutoriais elaborados da comunidade
Carlos Magno
Acabou de chegar
Acabou de chegar
Mensagens: 1
Registrado em: Qui Mai 23, 2019 3:47 pm

Configurando servidor DNS Bind no CentOS 7

Mensagem por Carlos Magno » Qui Mai 23, 2019 7:21 pm

O que é Bind?

BIND é o servidor para o protocolo DNS mais utilizado na Internet, especialmente em sistemas do tipo Unix, onde ele pode ser considerado um padrão de facto.


Olá, nesse tutorial irei mostrar como configurar o servidor Bind, usando o sistema operacional CentOS 7 em uma maquina virtual.

Pré-requisitos:
Já ter definido um IP estático



IP Cenario: 192.16.26.200

Imagem


Instalando o BIND


Imagem


Configurando o BIND

primeiramente vamos editar o arquivo de configurações de /etc/named.conf


#Nesta linha é adicionado ip do seu servidor
listen-on port 53 { 127.0.0.1; 192.16.26.200; };

#Nesta linha são adiconados os endereços que terão aceso ao meu servidor,neste contexto só vou querer colocar os ips da rede interna.

allow-query { localhost; 192.16.26.0/24; };

Imagem

fechamos o arquivo para habilitar o serviço com os seguintes comandos:
systemctl start named
systemctl enable named



A comunicação cliente e servidor acontece através da porta 53, presente nos protocolos tcp e udp, portanto usamos esses comandos
firewall-cmd --permanent --add-port=53/udp
firewall-cmd --permanent --add-port=53/tcp
firewall-cmd --reload
firewall-cmd --list-all( comando para visualizar se as portas foram adicionadas corretamente)


Criação de zonas


vamos editar o arquivo de configurações de /etc/named.conf, FORA DE OPTIONS, iremos indicar as zonas que serão gerenciadas pelo servidor. Criando uma entrada de zona e seu reverso. Para o domínio e endereço de rede as entradas ficaram assim:


Imagem

terminada a criação de zonas, salvamos e saímos desse arquivo.

agora vamos mudar de diretório, por padrão os arquivos ficam em cd /var/named/

Copiamos aqui o arquivo direto com o comando:

cp named.localhost direto.carlosmago.com

Imagem

Agora vamos editá-lo, usando O comando:
vim direto.carlosmago.com

e deixar desse jeito aqui:

Imagem

salvamos e fechamos o arquivo.

agora vamos fazer o mesmo procedimento com o inverso:

Copiamos aqui o arquivo inverso, com o comando:
cp named.localhost inverso.carlosmago.com
segundo vamos editar o arquivo com o comando:
vim inverso.carlosmago.com

e deixar desse jeito aqui:

Imagem

salvamos e fechamos o arquivo.


Agora adiconamos permissão para os arquivos, dessa maneira:

chown root :named direto.carlosmago.com
chown root :named inverso.carlosmago.com


Agora vamos verificar os arquivos das zonas que fizemos para ver se não existe algum erro com os comandos:

named-checkzone direto /var/named/direto.carlosmago.com
named-checkzone inverso /var/named/inverso.carlosmago.com

Depois vamos no arquivo do DNS de resolv.conf com vim /etc/resolv.conf e acrescentar as linhas:
search carlosmago.com
nameserver 192.16.26.200

Imagem

por fim damos os comandos:
systemctl restart named(para reiniciar o serviço com suas modificações)
systemctl status named(para ver o status do serviço)


Testes

Podemos testar o funcionamento do serviço através dos comandos:

dig server.carlosmago.com

Imagem

nslookup client.carlosmago.com

Imagem

Referencias

https://www.ultrav.com.br/2015/09/01/in ... os-rhel-7/
http://www.tadeubernacchi.com.br/dns-bind-no-centos-7/



Disable adblock

This site is supported by ads and donations.
If you see this text you are blocking our ads.
Please consider a Donation to support the site.


Responder