Tag Archives: dicas

Dicas – Fix do bug no IE 8 para divs dinâmicos (ou JQuery accordion)

Bug do Internet Explorer 8 - Ah vá!

…eu podia “estar fazendo” algo mais bacana, como por exemplo, falando sobre uma nova especificação do W3C para o HTML5, como a API vibration que saiu a pouco tempo, ou qualquer outra coisa. Mas não, o IE tinha que atazanar a vida com seus bugs. (:

Brincadeiras a parte, dessa nem o jQuery escapa. Se você tem uma div que é redimensionada dinamicamente, principalmente se ela aumentra de tamanho, ela vai dar problema no IE8. Quando ela aumentar, vai passar por cima de outras divs ou o que quer que esteja no caminho.

E sim, o problema acontece só no IE8. Se ativar o modo de compatibilidade (aquele botão do mal que fica do lado da barra de endereços), o bug não ocorre.

Não adianta apelar para CSS, overflow, height: 100%. Não vai. O que resolve horrendamente o problema é a adição da seguinte tag na head do seu HTML:

<meta http-equiv="X-UA-Compatible" content="IE=7" />

Simples. Essa tag força o IE8 a abrir em mode de compatibilidade mesmo que você não queira. Foi a solução mais aplicável, apesar de ter consequências relativamente desastrosas, já que você está forçando o usuário a voltar no tempo. Tudo que requeira uma versão do Internet Explorer mais nova, não mais terá efeito.

Encontrei a solução em diversos sites, mas a que teve a explicação mais clara foi aqui:

http://stackoverflow.com/questions/3089357/jquery-accordion-bug-in-ie-8-workaround

Bom proveito e… boa sorte!

Baboseiras – Treine sua digitação à la Guitar Hero!

Pois é, para criar algo  bacana, basta criatividade. Inspirado na idéia do game Guitar Hero, que creio dispensar apresentações, já que há versões dele até para celulares, foi criado o Key Hero.

A idéia é basicamente a mesma, só que ao invés de música, você precisa acertar a digitação do texto que está na tela. Além do desafio, tem o fato de poder treinar sua digitação. Os resultados de seu desempenho é mostrado na tela com um bom nível de detalhes:

Fica devendo somente uma versão em português, já que o grande problema de nossos textos digitados é a acentuação, mas vale mesmo assim.

Link:

http://www.keyhero.com/typing-tests-wpm/

Bom proveito!

Dicas – 5 dicas estupidamente boas no Excel

Dicas

Admito que gostei desse negócio de dicas. Então, lá vão mais algumas que ajudam um bocado, só que agora no Excel!

1 – Verificando resultados parciais

Quanto você tem fórmulas muito complexas, fica muito complicado analisar o que está acontecendo quando ocorre um erro. O Excel até oferece um mecanismo de execução passo a passo da fórmula, só que mais simples do que isso é usar o atalho F9 (que já é a tecla padrão é cálculo do Excel) para calcular o resultado de um pedaço desta. Por exemplo, se você tem uma fórmula como esta:

=SE(SOMA(A1:A10)>100;”Muito alto”;”Tá valendo”)

Para saber o resultado de SOMA(A1:A10) sem precisar colocar essa fórmula em outra célula, basta ir na barra de fórmulas, selecionar exatamente essa parte da fórmula com o mouse e clicar em F9. Quando fizer isso, será mostrado o resultado da fórmula direto na barra de fórmula. Isso pode ser feito em qualquer parte da fórmula, facilitando muito a análise de resultados parciais e verificação de erros na fórmula.

Só é preciso um cuidado com esse técnica. Quando se clica F9 na barra de fórmulas, ele não faz só um cálculo temporário. O Excel literalmente substitui o valor na fórmula, portanto, se clicar em Enter ou sair da célula logo após a ação, a fórmula que compunha o resultado será perdida, mantendo apenas o valor do resultado. Basta tomar o cuidado de sair da edição da fórmula com a tecla Esc.

2 – Preenchimento automático

Quando se está preenchendo uma lista de valores, o comando Copiar e Colar ajuda bastante. Mas, ter que ficar selecionando a célula para copiar demora ou um pouco, ou esperar o Excel sugerir o valor já existente na lista. Para isso, use o atalho Ctrl+D. Ele ativa o comando Preencher para baixo, copiando o valor da célula logo acima. Simples, rápido, funcional.

3 – Auto Preenchimento sem dor

Não é raro você tem que preencher uma lista de valores em uma tabela. Normalmente usa-se o arrastar e soltar para auto preencher, mas quando a quantidade de linhas é muito grande, a coisa fica chata. Pois bem, se estamos em uma tabela, ao invés de arrastar e soltar, dê um duplo clique no mesmo local utilizado para arrastar e soltar. Voilá! Sua coluna de valores está preenchida!

4 – Auto Preenchimento sem dor – Parte 2

Além do procedimento descrito acima, existe uma outra técnica para auto-preencher uma quantidade de células com um mesmo dado. Supondo que você queira preencher uma coluna inteira com um único valor até a linha 100. OK, o que vem a cabeça primeiro é digitar o valor na primeira linha e usar o arrastar e soltar para auto preencher até a linha 100. Funciona, mas nem sempre o mouse ajuda. Tem um jeito mais sofisticado de fazer isso:

  • Selecione a primeira célula na coluna A por exemplo
  • Clique Ctrl+G. Na caixa Referência, digite A1:A100. Isso fará com que o Excel selecione as células de A1 a A100.
  • Vá na barra de fórmulas e digite o valor deseja, só que ao invés de pressionar Enter para confirmar, pressiona Ctrl+Enter

Pronto, todas as células foram preenchidas com o dito valor. Nem preciso dizer que isso poderia ter sido feito até a linha 10000 certo? Além disso, funciona para mais de uma coluna. Sem dor!

5 – Navegue entre os extremos

É comum trabalharmos com áreas de dados, principalmente no formato de tabela. Quando elas têm muitas colunas ou linhas, fica chato navegar aos “soquinhos” usando as setas de navegação. Além de poder usar a navegação atrás do Ir para (Ctrl+G), você também pode usar Ctrl + Seta para ser levado a última célula preenchida de seu intervalo. Por exemplo, se tem uma tabela com 1000 linhas e 20 colunas preenchidas, em qualquer lugar da tabela, acionar Ctrl+Seta para baixo, você será levado a linha 1000 da planilha. Se fizer Ctrl+Seta para direita, será levado a coluna 20.

O único porém é que se houver intervalos em branco no meio dos dados, o Excel irá parar nele, já que a consideração feita é, “navegue até a última célula preenchida neste intervalo”. Ajuda muito.

Bom proveito!

Dicas – mais 10 dicas estupidamente boas – Parte 2

A INFO publicou essa semana uma pequena lista de dicas do dia no uso do PC (com Windows) neste endereço:

http://info.abril.com.br/dicas/como-se-faz/ajuda/10-dicas-estupidamente-boas.shtml

Bom, de posse disso, resolvi incrementar a lista com alguns macetes que também utilizo e que fazem bastante diferença na produtividade, espero. 😉

1 – Feche janelas mais rápido no Windows

Além da dica dada pela INFO, clicar duas vezes no ícone da janela no lado esquerdo também fecha a janela. O clique simples só faz abrir o menu, o que já ajuda muito.

2 – Disponibilize o Desktop rapidamente

É meio velha, mas o atalho Windows + D economiza na hora de minimizar todas as janelas que estão abertas.

3 – Navegue nas abas ou arquivos do programa

Serve para quase todos os aplicativos baseados em abas. O atalho Ctrl + Tab navega entre as abas ou arquivos no aplicativo. Por exemplo, nos browsers Firefox, Internet Explorer e Opera, que foi onde testei, o atalho faz você navegar pelas abas abertas atualmente. No caso do Word, Excel e outros como Corel Draw, o atalho navega entre os arquivos que estão abertos no programa naquele momento.

4 – Feche só o arquivo, sem fechar o programa

O atalho Ctrl + W aparentemente fecha o aplicativo ou janela, mas não é só bem isso. Ele fecha o documento atual. No caso dos browsers (mencionados acima), ele fecha somente a aba atual. No caso de programas como o Word ou Excel, ele fecha o arquivo atual, sem fechar todo o programa. O atalho oficial para fechar um aplicativo é o Alt + F4, não importando quantos arquivos ou abas estejam abertos. Mas, no caso dos browser, quando o só existe uma aba aberta, ele o fecha de vez.

5 – Digitando caminhos ou endereços facilmente

Quando você sabe onde quer ir (Windows Explorer) ou qual endereço digitar, é um porre ter que levar o mouse até a barra de endereços e selecionar ele todo. Para economizar tempo, o atalho F6 navega entre as áreas digitáveis do navegador, como barra de endereços, barra de busca e conteúdo da página. (não confundir com a tecla Tab, que navega entre os campos digitáveis da página. No caso do Windows Explorer, ele acessa a barra de endereços.

6 – Navegue entre programas

Outra que é velha, mas pouca gente usa é o Ctrl + Tab. Ele faz a navegação entre os programas abertos e visíveis no Windows naquele momento. Como visíveis? Por exemplo, se o MSN estiver minimizado na bandeja naquele momento, ele não vai aparecer na lista de programas e não está acessível ok?

7 – Copie e cole arrastando

Interessou um texto da internet? Ou de algum documento? Se estiver com o texto selecionado, não precisa dar um Ctrl + C e depois um Ctrl + V. Basta clicar só uma vez no texto selecionado e arrasta-lo para onde você quiser colar. Se for um texto somente leitura, o arrastar e soltar funciona bem. Se for um texto entre arquivos do Word, caso os dois estejam abertos para gravação, o texto será transportado e não só copiado. Neste caso, segure a tecla Ctrl (note que o cursor vai ganhar o símbolo de +) para só copiar o texto.

8 – Arraste itens para outras janelas facilmente

De posse do Ctrl + Tab, outra dica bastante interessante. Quando você precisa arrastar arquivos para outra janelas que, ou você precisa usar o desktop como meio do caminho ou tem que abrir as duas lado a lado, mesmo que as duas já estejam abertas. Um jeito é arrastar o arquivo até a janela na barra de tarefas e esperar ela abrir (se é que vai abrir), ou, use o Ctrl + Tab! Quando você estiver com o arquivo “arrastando, use o Ctrl + Tab para ativar a janela que deseja e solve o arquivo. Voilá!

9 – Histórico sem o mouse

Ao invés de usar as grandes setas do navegar para voltar ou avançar uma página na navegação, basta segurar a tecla Alt e usar as setas para navegar. Alt + Seta para esquerda volta uma página, enquanto Alt + Seta para direta avança.

10 – Alternando entre Maiúsculas e Minúsculas facilmente

Vou puxar a sardinha para o Word, pois não encontrei outro programa que fizesse isso tão facilmente. Sabe quando você precisa alterar a capitulação do texto (de maiúscula para minúscula e vice-versa) e não redigitar ele inteiro? Pois então, pegue esse texto, cole no Word, selecione-o e use o atalho Shift + F3 para trocar a capitulação de todos o texto.

OBS: Nos browsers, alguns atalhos podem se tornar inválidos quando a página contiver alguma animação em flash em “prenda” sua digitação. Basta clicar em uma área fora da animação para os atalhos funcionarem.

Bom proveito!