Tag Archives: Email

Modelos – Envio de Email pelo Excel

Mais uma jóia do fórum!

Fruto do esforço do colega Rafael, o modelo é praticamente o mecanismo completo de envio de emails do Microsoft Outlook, sem precisar interagir com ele!

O sistema conta com uma tela para criação do email, anexos e de quebra, um cadastro de contatos armazenados no Access! Abaixo, as telas do sistema:

Tela de Envio de Email
Tela de Envio de Email
Tela de Busca de Contatos
Tela de Busca de Contatos
Tela de Cadastro de Contatos
Tela de Cadastro de Contatos

Simples e fácil de usar, além do aprendizado!

Download do arquivo

 Enviar Email pelo Excel.rar (56.8 KiB)

Bom proveito e obrigado mais uma vez Rafael pela colaboração!

Dicas úteis para o Outlook Express 6


1 – Não permitir anexos que possam conter vírus; Ferramentas > Opções > Segurança

ø Não permitir que sejam salvos nem abertos anexos que possam conter vírus.

clique aqui para ver um exemplo

Com esta opção voce pode desabilitar a visualização de arquivos anexos. Uma vez selecionada o usuário não poderá ver e nem abrir o anexo, somente ler o que estiver escrito no corpo do e-mail e mais nada. Quando voce clica sobre o arquivo anexo o nome arquivo aparecerá desabilitado (na cor cinza) sem a possibilidade de voce saber do que se trata. Mas se voce já sabe que o anexo que te enviaram é seguro e deseja abrir e executar o anexo, voce poderá fazer isto desmarcando a opção de ‘Não Permitir arquivos anexo’.

Obs.: Só tem essa opção no Outlook 6 ! (Necessita atualização do IE, para o 6)

2 – Avisar quando outro aplicativo tentar enviar e-mail. Ferramentas > Opções > Segurança

ø Avisar quando outro aplicativo tentar enviar e-mail como se fosse eu.

clique aqui para ver um exemplo

Esta opção voce especifica se você deseja receber um aviso do Outlook Express quando outro programa tentar enviar uma mensagem para os contatos da lista de contatos ou do catálogo de endereços sem a sua aprovação. Os vírus podem se espalhar através do envio de cópias de mensagens de email contendo vírus para os seus contatos

3 – Visualização do Email no Painel de Visualização.

Mesmo que o email não seja aberto, muitas pessoas têm seus computadores infectados, pois não perceberam que a configuração do Outlook está permitindo que os virus anexados sejam importados, pois ao aparecer na tela a mensagem, o virus já se instalou. Para minimizar, sugiro os seguintes passos:

  • Clicar em “Ferramentas”
  • Clicar em “Opções”
  • Clicar em “Ler”
  • Desmarcar o item “Fazer download automáticamente ao exibir no painel de visualização”

Estas ações podem inibir a proliferação de virus na rede, pois mesmo que seja visualizada a mensagem, a mesma os anexos não são importados, assim, em alguns casos, ao se colocar o mouse sobre a mensagem, o anti-virus já acusa a presença de virus, aí, é X – Excluir, no caso do Norton. Na seqüência, aparecerá a tela para download. Clique em cancelar e exclua a mensagem da sua caixa de entrada. Em outros casos, o virus só é detectado quando você abre a mensagem. Assim, o anti-virus acusa a presença e os passos são os mesmos acima.
Com esta opção desmarcada, você poderá exibir o corpo da mensagem, selecionando o cabeçalho e, em seguida, pressionando a BARRA DE ESPAÇOS.

4 – Configurando o Outlook e o I.E. contra Vírus

O Outlook, um dos programas mais populares de e-mail, tem um terrível recurso que permite que vírus possam ser executados automaticamente. Vários vírus famosos usam essa falha de segurança para atacarem micros, como o I Love You e o Melissa.
A história é a seguinte: quando uma mensagem possui um script em attach (scripts são pequenos programas escritos em linguagens como Visual Basic Script ou Java Script), o Outlook executa o script automaticamente. Em princípio, essa “facilidade” foi criada para automatizar processos, só que programadores “do mal” logo descobriram essa vulnerabilidade e escreveram vírus usando essas linguagens de programação.

Em nossa dica de hoje veremos passo-a-passo o que é preciso fazer para desabilitar esse recurso. Mesmo que você tenha um bom antivírus instalado em sua máquina, recomendamos que você siga os passos abaixo para desabilitar a execução automática de scripts. Entre parênteses, colocamos o nome das opções na versão em inglês do programa, caso seja essa a versão instalada em sua máquina. O nosso passo-a-passo foi baseado na versão 5 do Outlook Express e do Internet Explorer.

  1. Inicie o Outlook
  2. Clique em Ferramentas (Tools) e selecione Opções (Options). Isso abrirá uma nova janela.
  3. Selecione a guia Segurança (Security) dessa janela.
  4. Há dois painéis dentro da janela Segurança. O painel de cima chama-se Zonas de segurança (Security Zones) e possui duas opções: Zona da Internet (Internet Zone) e Zona de sites restritos (Secure Zone).
  5. Selecione “Zona de sites restritos”. Clique em Ok e a configuração necessária no Outlook estará feita. Agora é necessário desabilitar a execução automática de scripts. Essa configuração é feita através do Internet Explorer.
  6. Inicie o Internet Explorer.
  7. Clique no menu Ferramentas (Tools) e selecione Opções da Internet (Internet Options). Será aberta uma nova janela.
  8. Clique na guia Segurança (Security).
  9. Clique no ícone vermelho com sinal de contra-mão chamado Sites restritos (Restricted sites).
  10. Clique no botão Nível personalizado (Custom level). Isso abrirá uma janela com várias opções.
  11. Role a tela para baixo até você encontrar uma chave chamada Scripts (Scripting).
  12. Deverá aparecer várias subchaves abaixo de Scripts (Permitir operações de colagem através de script, Scripts ativos, Scripts de miniaplicativos java, etc). Se isso não ocorrer, basta dar um duplo clique em Scripts.
  13. Na subchave Scripts ativos, você deverá marcar o botão Desativar referente a essa subchave, como mostra a Figura 1.
  14. Clique em ok em todas as janelas abertas e a sua configuração antivírus estará feita.

Adrian
www.umtoquedemotivacao.com

Pilantragem sofisticada

Estou ficando cada vez mais impressionado com a criatividade dos spammers que qualquer internauta tem que enfrentar todos os dias. Sabemos que os filtros anti-spam fazem o possível, mas alguns escapam mesmo, tamanha sua qualidade.

Recebi um email daqueles bem tradicionais, simulando um super-interesse em minha pessoa oferecendo algumas fotos para visualização e um link para tal. Legal, até aí tudo simples e fácil de identificar. Geralmente links como esses levariam diretamente a arquivos do tipo zip, exe ou scr, todos capazes de se auto-executar para instalar alguma coisa nociva no computador. A lista do que poderia ser é enorme, desde vírus, spyware até os temidos keylogger, programas que gravam tudo que é digitado no computador e enviam para algum servidor. Mas neste caso o link estava apontando para um arquivo html. Claro que este poderia estar recheado de scripts de redirecionamento e coisas do tipo, mas como meu browser está configurado para não aceitar esse tipo de coisa, fui tentado a clicar para ver o que esses caras estão aprontando desta vez.

O link leva a uma página que “deveria” ser um album de fotos, mas que não pode ser aberto pois “falta” um componente que deve ser intalado, neste caso, o flashplayer. página está com uma aparência até legal e o arquivo que se convida para baixar tem o nome de FlashPlayerInstall.exe. Tudo do jeito que tem que ser para o usuário clicar e instalar. A aparência da página pode ser vista abaixo. Note o endereço apontado pelo link (na barra de status do navegador) e a mensagem de recomendação para instalação do arquivo:

Mensagem sobre falta de instalação do Player

Página falsa para instalação do flash player

Eu diria que é um esquema muito engenhoso e digno que um mínimo de admiração. Claro que passada a admiração, é preciso uma providência para acabar com este tipo de fraude.

Partindo da opinião deste autor que vos escreve, a boa conduta na navegação por páginas de internet é a melhor opção evitar este tipo de fraude. As vítimas são na maior parte das vezes pessoas desinformadas que começaram a pouco tempo a trabalhar com internet, mas que por pouco tem suas contas bancárias esvaziadas por pessoas de má fé.

Atenção aos jovens prodígios que ficam horas navegando na internet, passeando pelo MSN e Orkut e já se acham os hackers. Primeiro não caiam em um truque banal como este. Segundo, passem a informação adiante para que pais e avós não passem por uma situação destas.

Tomás Vásquez
www.tomasvasquez.com.br

Arrependeu-se de enviar um e-mail? Apague-o antes que seja lido!

Já escreveu um e-mail e, logo depois de enviá-lo bateu o arrependimento? Ou, assim que apertou o botão Send, percebeu que errou o destinatário?

O Outlook oferece uma opção, ainda pouco conhecida pelos usuários, que pode te ajudar a reparar esse erro e excluir a mensagem da caixa do destinatário antes mesmo de ele a abrir.

Mas, atenção, a dica só vale se quem estiver recebendo a mensagem também utilizar o Outlook e o servidor for o Microsoft Exchange Server 2000 ou uma versão superior. Veja o passo a passo:

  • No Painel de Navegação do e-mail, clique em Sent Items (Arquivos Enviados)
  • Abra a mensagem que você deseja recuperar da caixa do destinatário e clique no menu Actions > Recall This Message. Esse comando não aparecerá se você estiver usando um e-mail POP3, IMAP ou um webmail, como o Hotmail ou Gmail.
  • Clique em Recall This Message > Delete unread copies and replace with a new message.
  • Se a mensagem foi enviada para um número muito grande de pessoas, será preciso escolher a opção “Tell me if recall succeeds or fails for each recipient” para que você possa checar se alguém já abriu o e-mail antes de você fazer o recall.
  • Clique em OK e, depois, em Send (Enviar).


Automaticamente, a mensagem que foi enviada anteriormente será substituída por um aviso de que ela foi “recolhida” e o texto original será excluído.

Abraços

Tomás Vásquez

Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/dicas