Tag Archives: Nokia

Mobilidade – Crie seu aplicativo na Nokia Store (antiga Ovi) em minutos

Os que frequentam este blog ou me conhecem de outros carnavais, sabem o quanto sou admirador da fabricante Nokia.

Não vou comentar sobre os famigerados rumores que rodeiam a marca nos últimos meses, mas, se o resultado for o pior, só vou lamentar uma das fabricantes que mais respeita os clientes com a qualidade e durabilidade de seus produtos, fatores que acredito que a manterão viva e sempre evoluindo. O assunto daria uma discussão longa, mas não estou aqui para falar disso.

Pegando carona no respeito aos consumidores, nos últimos anos a Nokia fez um investimento massivo em tecnologias para facilitar o desenvolvimento de aplicativos para seus celulares. Lá atrás, a facilidade ia de carona com o JME. Quando se falava em Symbian, todos entortavam o nariz. Bom, isso mudou, e muito, e nem estou falando de Windows Phone, ainda.

Sem discorrer sobre o quão boas se tornaram as ferramentas de desenvolvimento para o Symbian (e também para o S40), depois que ele adotou a plataforma Qt, as ferramentas evoluiram a ponto de ser possível produzir aplicativos (simples, admito) sem precisar necessariamente ser um programador.

Sim, é isso que a Nokia vem proporcionando ultimamente. O invento que vou comentar aqui é o Ovi app wizard, nome que acredito que vai mudar logo, devido a descontinuidade da marca Ovi. Com ele, é possível criar uma aplicação em minutos, direto no browser, e submete-la a Nokia (Ovi) Store para aprovação.

Sem dar muitas voltas, o vídeo abaixo (em inglês) resume muito bem a idéia.

É claro que o resultado é tão simples quanto o que é ofertado pelo aplicativo. Pode parecer pouco, mas, tentando imaginar o impacto do que é uma empresa ter uma aplicativo para celulares, sem precisar de desenvolvedores, sim, isso é um ganho estratosférico para a estratégia de uma empresa. A parte ótima é que sequer é preciso registro. Coisas mais avançadas exigirão conhecimento e claro, ferramentas para isso.

Fiz um exemplo “bobo” de uma aplicativo que disponibiliza os feeds do nosso fórum. Até o momento ele não tinha sido aprovado, mas quando for, disponibilizo o link. Abaixo segue o visual de como ele estava ficando:

Fórum no Ovi App Wizard
Fórum no Ovi App Wizard

Isso deixa claro que a Nokia está longe de desistir. O trabalho segue, sério, e com uma dedicação e qualidade que acredito que poucas fazem como ela, mesmo as pioneiras como Apple e Google.

Vale a pena dar uma conferida!

Mobile – Instalando o Android em um Nokia (quem disse que não dava?)

Antes que me perguntem, sim, é para ser um post polêmico. Talvez não seja exatamente o que se espera, mas a idéia é quebrar um tabu e estender as possibilidades.

Primeiro, os Nokias que estão inclusos nesta façanha não são os celulares, mas sim o Tablets. Em suma, são eles:

Android no N810
Android no N810

Todos tem uma coisa em comum. Rodam Maemo, uma sistema baseado em Linux utilizando pela Nokia para “motorizar” seus Tablets. Por ser baseado em Linux, uma série de possibilidades vem a tona nesses aparelhos. Já vi rodar versões completas do Linux como KDE, Gnome ou mesmo Ubuntu. Uma rápida pesquisa revelará vários experimentos.

Enfim, estamos aqui para falar deste união tão desejada, mas não oficialmente ocorrida e nem reconhecida.

O segredo está no Software NitDroid. No momento, ele é um projeto dedicado a permitir que o sistema operacional para dispositivos móveis da Google rode nos Tablets da Nokia (pelo menos isso justifica o título do post). A página oficial do projeto é:

http://www.nitdroid.com/

É possível inclusive se inscrever para colaborar com o projeto.

No caso, não vou me estender com detalhes da instalação, já que outros colegas, inclusive brasileiros, dissecaram o procedimento muito bem como o colega Marcel Vinícius em seu blog:

http://www.marcelvinicius.com/?p=94

A intenção aqui é alertar para a possibilidade. Num dos comentários do próprio, no momento, é mais o desafio de conseguir a façanha do que para usar o Android no aparelho. Claro, é um começo, até porque a versão do Android suportada no momento é a 1.5, mas ao que tudo indica, se o hardware estiver a contento, a coisa só vai evoluir.

Uma análise mais profunda

A idéia me passou pela cabeça esses dias.  Sabemos que recentemente a Nokia firmou parceiria com a Microsoft para portar o Windows Phone 7 para seus aparelhos.

Mas, analisando outros lados dos acontecimentos, vamos aos fatos:

  • Hoje os SmartPhones Nokia rodam Symbian, que sofrem atualizações constantes (vide o Symbian Anna)
  • O Qt é uma das melhores plataforma de desenvolvimento de aplicações Mobile, e só cresce
  • A Nokia acabou de lançar o Nokia N9 e N950 com o sitema Meego, em parceiria com a Intel
  • A Nokia firmou parceiria com a Microsoft e seu sistema Windows Phone 7

Resumo da ópera? O Sistema Operacional que rodará do SmartPhone praticamente virou commodity. Não duvido que em pouco tempo, a Nokia adote o sistema da Google em seus celulares, tornan-se este mais uma opção, fazendo com que a filandesa se dedique exclusivamente ao que sabe fazer melhor. Telefones celulares com uma qualidade impecável.

É uma opinião, ou um desejo. Quem sabe.

Abraços a todos

Atenção: Há relatos de pessoas que conseguiram substituir o Symbian pelo Android em Smartphone Nokia, mas nada seguro até o momento. É por conta e risco, assim como o procedimento acima citado

Mobilidade – Nokia Big Screen permite controlar o N8 com o controle do Wii conectado a TV

Nokia Big Screen

Essa eu tive que postar. Antes disso, o Nokia Beta Labs é um setor da Nokia que desenvolve aplicativos e os disponibiliza de forma experimental, sem compromisso com total funcionamento, mas que explorar funcionalidades e características interessantes dos dispositivos Nokia, em grande maioria, o Symbian.

Quase sempre é possível encontrar coisas interessantes por lá. Esta semana a experiência foi curiosa. Nunca tinha visto uma real utilidade na saída HDMI do Nokia N8, além da óbvia capacidade de fazê-lo. Até tentei jogar Andry Birds na TV da sala, mas era algo incômodo, já que o cabo HDMI normalmente é curto, pesado e antiquado. Essa era a sensação, até encontrar o aplicativo Nokia Big Screen.

A proeza é simples. Disponibilizar uma interface amigável para ver seu conteúdo multimídia na TV e, mais que isso, possibilita que você controle o N8 com o controle do Nintendo Wii! Se você não conhece nem um, nem outro, bem, provavelmente vai querer saber mais sobre depois deste post, e deste vídeo:

O post oficial da Nokia pode ser visto neste link:

http://betalabs.nokia.com/apps/nokia-big-screen

O post dá mais detalhes do aplicativo e o que é possível fazer com ele. A mim, resta exteriorizar a ótima experiência que tive ao utilizá-lo.

Bom proveito!

Mobilidade – Impressões sobre o Nokia N8

Nokia N8
Nokia N8

Após a aquisição deste aparelho, devo confessar minha condição da Nokia fanboy. É o 5º celular Nokia seguido que tenho, fora os acessórios. Essa “verdade” vai ficar clara no decorrer do artigo.

Mas esse post só pra dizer que adquiri o aparelho?  Calma. A intenção aqui não é fazer um dossiê técnico completo, até porque, existem sites especializados que fazem isso muito bem, que inclusive serão referenciados. Só assumo que pegarei algumas fotos destes emprestadas para melhor representar o artigo, e também por ser desprovido de um local e competência adequadas para fazer um ensaio fotográfico, mesmo que seja de um objeto inanimado. O que tratarei de fazer aqui é expor as impressões sobre este novo supra-sumo da Nokia frente aos outros aparelhos da mesma fabricante com os quais tenho ou tive contato, e também com outros com os quais tive a oportunidade através , principalmente, de colegas e amigos.

Vale comentar o primeiro contato. Primeiro, a caixa do Nokia N8, pelo menos no Brasil pareceu mais uma daquelas embalagens de pretzel, ou de uma mini pizza. Foi engraçado, já que para smartphones, estavam acostumados com caixas enormes, cheias de acessórios, manuais e outras coisas. No caso do N8, foi o suficiente.

Caixa do Nokia N8
Caixa do Nokia N8

Em questão de comparação, poderei falar com mais propriedade frente aos últimos aparelhos da Nokia que tive, o E71, 5230 e N95, e também frente ao N800, já que o N8 tem características para ser comparado a todos estes e vários aspectos. Como será maçante colocar tudo de uma vez, tentarei dividir o artigo em partes, conforme faço descobertas sobre este.

Quanto a seu formato, é um impacto interessante para os donos de aparelhos da marca. Confesso que na maioria, estamos acostumados ao formato mais grosseiro frente aos concorrentes. Algo que não mudou foi a impressão de robustez, um bom sinal. O N8 tem um toque de elegância extra. Apesar de parecer um hexágono bem esticado, ele é mais harmônico do que o N97.

O HDMI é um adicional, mesmo. É legal ter a possibilidade, mas você vai usar pouco. Jogar, só com muita paciência. Mas parece ser bem adequado para uma apresentação de fotos ou um cinema de última hora. A qualidade é de 720p, ou seja, mais do que boa para um aparelho celular.

O que mais gostei

De cara, o design. Apesar de parecer troncudo, na mão, ele agrada muito. Ele é quase do mesmo tamanho do E71. Algumas fotos obtidas do site The Mobile Fanatics mostram a comparação.

N8 vs E71
N8 vs E71
N8 vs E71
N8 vs E71

A câmera dispensa comentários. É claro que compará-la com uma profissional seria impróprio, até porque seria preciso conhecimentos sobre as mesmas câmeras profissionais e seus detalhes, mas, que dá uma sensação muito boa carregar uma câmera de 12 MP no bolso, isso dá! A resolução para as fotos é de 4000×3000 pixels e 720p para vídeos. Um comparativo das fotos tiradas com o N8 e outros celulares cocorrentes pode ser visto no seguinte link:

http://www.gsmarena.com/piccmp.php3?idType=1&idPhone1=3252&idPhone2=3275&idPhone3=3394

O desktop é uma mão na roda para concentrar informações, oferecendo algo mais parecido com um Dashboard. A configuração é bem fácil e tem opções bem interessantes, como principais contatos, atualizações do Twitter. O vídeo abaixo mostra isso acontecendo:

O touchscreen tem uma sensibilidade ótima. Em alguns engasgos, a culpa parece ter sido mais do Symbian do que do hardware em si. O multi touch funciona muito bem, tanto no browser como nas fotos.

Aplicativos para o Nokia N8

Dos que tive contato agradável, recomendados pela comunidade foram os seguintes, na ordem de importância que entendi ser útil para uso:

Swype: http://www.swypeinc.com/

Interfere em praticamente em todos os outros. A onda do Swype começou com o Samsung Galaxy (acho), onde uma nova forma de digitar é oferecida. Quando o teclado QWERTY é apresentado na tela, é possível navegar por ele continuamente, como se estivesse rabiscando em cima das teclas. No final, a palavra é montada na tela, caso o Swype a encontre no dicionário, ou oferece uma as palavras que mais se aproximam da combinação montada pelo desenho. O vídeo abaixo deixa a proposta bem clara:

O cidadão enrola um pouco para mostrar, mas dá para ver bem como funciona.

Sports Tracker: http://store.ovi.com/content/31721

Velho conhecido dos usuários Symbian,  não poderia deixar de estar presente.

Panorama: http://store.ovi.com/content/51690

Oferece a possibilidade de tirar fotos no modo panorâmico. Mais interessante do que a própria função, é o N8 não oferecer essa função nativamente, visto que outros smartphones da Nokia já o fazem.

Outros são bastante conhecidos dos Symbian Users:

  • Skype
  • Opera Mobile
  • Gmail
  • Google Maps
  • YouTube by Google

O que não gostei

Nem tudo são flores e com o Nokia N8, poderia ser diferente. Das coisas que mais me irritaram nele, algumas são oriundas na natureza “Full Touch” do aparelho. Comparado aos aparelhos “com teclas”, principalmente com muitas, como era o caso do E71, algumas funções farão muito falta, que não consegui ainda identificar em nenhum aparelhos touch, nem no N8:

  • Atalhos rápidos de teclado. Com simples toques em teclas, abriam-se uma série de aplicativos. No caso dos Nokia, pressionar o 0 (zero) por alguns segundos, abria o browser, que já eliminava um atalho. O # chamava o modo silencioso. A mesma coisa para ligações, que são configuráveis. Elas ainda existem no N8, mas tem um passo a mais, que é chamar a tela de discagem.
  • O Symbian, mesmo na versão ^3 ainda se perde. Há momentos em que você sente que perde o controle total do smartphone, tendo que esperar que ele responda, sabe-se lá quando. No caso dos touch, não tem mais o “botão vermelho”, que teoricamente descarta tudo e volta para a home. A sensação é de abandono total.
  • O teclado touch por um bom tempo não substituirá o físico. É muito fácil errar e dar backspace ou acertar o caractere que você erra usando o dedo (lembrando que o N8 não tem a canetinha), é um carnaval acertar o texto que se quer corrigir. Se você não consegue viver sem o teclado, espere pelo E7. Eu não aguentei. 🙂
  • A entrada USB é proprietária. Mais um cabo para carregar.
  • A insubstituível busca de contatos somente ao começar a escrever na home (oriunda do BlackBerry) não está presente. Há uma busca por digitação semântica nos contatos, mas a mudança no teclado mais atrapalha do que ajuda.

É pouco tempo de uso para falar tudo, mas, como prometido, dividirei essa “impressão” em algumas partes, tanto para não tornar o texto muito maçante, como para ter a oportunidade de compartilhar mais informações a respeito deste formidável aparelho, que, na opinião deste autor, é o maior marco da Nokia deste o lançamento do N95.

Os tutoriais que utilizei como referência neste artigo foram:

http://www.gsmarena.com/nokia_n8-review-520.php

http://www.allaboutsymbian.com/reviews/item/12149_Nokia_N8_part_1_hardware_and_m.php

http://www.themobilefanatics.com/initial-look-at-the-n8-hardware/

Abraços a todos

Tomás