Tag Archives: windows

Dicas – mais 10 dicas estupidamente boas – Parte 2

A INFO publicou essa semana uma pequena lista de dicas do dia no uso do PC (com Windows) neste endereço:

http://info.abril.com.br/dicas/como-se-faz/ajuda/10-dicas-estupidamente-boas.shtml

Bom, de posse disso, resolvi incrementar a lista com alguns macetes que também utilizo e que fazem bastante diferença na produtividade, espero. 😉

1 – Feche janelas mais rápido no Windows

Além da dica dada pela INFO, clicar duas vezes no ícone da janela no lado esquerdo também fecha a janela. O clique simples só faz abrir o menu, o que já ajuda muito.

2 – Disponibilize o Desktop rapidamente

É meio velha, mas o atalho Windows + D economiza na hora de minimizar todas as janelas que estão abertas.

3 – Navegue nas abas ou arquivos do programa

Serve para quase todos os aplicativos baseados em abas. O atalho Ctrl + Tab navega entre as abas ou arquivos no aplicativo. Por exemplo, nos browsers Firefox, Internet Explorer e Opera, que foi onde testei, o atalho faz você navegar pelas abas abertas atualmente. No caso do Word, Excel e outros como Corel Draw, o atalho navega entre os arquivos que estão abertos no programa naquele momento.

4 – Feche só o arquivo, sem fechar o programa

O atalho Ctrl + W aparentemente fecha o aplicativo ou janela, mas não é só bem isso. Ele fecha o documento atual. No caso dos browsers (mencionados acima), ele fecha somente a aba atual. No caso de programas como o Word ou Excel, ele fecha o arquivo atual, sem fechar todo o programa. O atalho oficial para fechar um aplicativo é o Alt + F4, não importando quantos arquivos ou abas estejam abertos. Mas, no caso dos browser, quando o só existe uma aba aberta, ele o fecha de vez.

5 – Digitando caminhos ou endereços facilmente

Quando você sabe onde quer ir (Windows Explorer) ou qual endereço digitar, é um porre ter que levar o mouse até a barra de endereços e selecionar ele todo. Para economizar tempo, o atalho F6 navega entre as áreas digitáveis do navegador, como barra de endereços, barra de busca e conteúdo da página. (não confundir com a tecla Tab, que navega entre os campos digitáveis da página. No caso do Windows Explorer, ele acessa a barra de endereços.

6 – Navegue entre programas

Outra que é velha, mas pouca gente usa é o Ctrl + Tab. Ele faz a navegação entre os programas abertos e visíveis no Windows naquele momento. Como visíveis? Por exemplo, se o MSN estiver minimizado na bandeja naquele momento, ele não vai aparecer na lista de programas e não está acessível ok?

7 – Copie e cole arrastando

Interessou um texto da internet? Ou de algum documento? Se estiver com o texto selecionado, não precisa dar um Ctrl + C e depois um Ctrl + V. Basta clicar só uma vez no texto selecionado e arrasta-lo para onde você quiser colar. Se for um texto somente leitura, o arrastar e soltar funciona bem. Se for um texto entre arquivos do Word, caso os dois estejam abertos para gravação, o texto será transportado e não só copiado. Neste caso, segure a tecla Ctrl (note que o cursor vai ganhar o símbolo de +) para só copiar o texto.

8 – Arraste itens para outras janelas facilmente

De posse do Ctrl + Tab, outra dica bastante interessante. Quando você precisa arrastar arquivos para outra janelas que, ou você precisa usar o desktop como meio do caminho ou tem que abrir as duas lado a lado, mesmo que as duas já estejam abertas. Um jeito é arrastar o arquivo até a janela na barra de tarefas e esperar ela abrir (se é que vai abrir), ou, use o Ctrl + Tab! Quando você estiver com o arquivo “arrastando, use o Ctrl + Tab para ativar a janela que deseja e solve o arquivo. Voilá!

9 – Histórico sem o mouse

Ao invés de usar as grandes setas do navegar para voltar ou avançar uma página na navegação, basta segurar a tecla Alt e usar as setas para navegar. Alt + Seta para esquerda volta uma página, enquanto Alt + Seta para direta avança.

10 – Alternando entre Maiúsculas e Minúsculas facilmente

Vou puxar a sardinha para o Word, pois não encontrei outro programa que fizesse isso tão facilmente. Sabe quando você precisa alterar a capitulação do texto (de maiúscula para minúscula e vice-versa) e não redigitar ele inteiro? Pois então, pegue esse texto, cole no Word, selecione-o e use o atalho Shift + F3 para trocar a capitulação de todos o texto.

OBS: Nos browsers, alguns atalhos podem se tornar inválidos quando a página contiver alguma animação em flash em “prenda” sua digitação. Basta clicar em uma área fora da animação para os atalhos funcionarem.

Bom proveito!

Dicas – Localizando o Processo que está usando o arquivo

Sabe aquelas vezes em que você tenta excluir uma pasta ou arquivo no Windows e recebe a famosa mensagem de erro:

Ótimo. Em alguns casos, até conseguimos resolver o problema pois é óbvio saber qual programa está travando o arquivo, como um arquivo .doc que pode ser o Word, ou um .mp3 que o Media Player ou Winamp estejam “segurando”.

Mas em alguns casos não há santo que ajude a saber quem está segurando o arquivo.  A solução quase infalível é reiniciar o computador, o que em algumas situações é inviável. Bom, um programinha conhecido da maior parte dos MSGeeks, o Process Explorer, ajuda a encontrar o dito processo que bloqueia o arquivo.

Abrindo um parênteses sobre o Process Explorer, ele faz parte do Windows Sysinternals, um conhecido pacote de aplicativos disponibilizado pela Microsoft focado para administradores de rede que disponibiliza ferramentas de análise avançadas. No caso, o Process Explorer pode ser considerar um Gerenciador de Tarefas “tunado”. Existe várias ferramentas, mas vamos nos ater a ele. Para saber mais:

http://technet.microsoft.com/en-us/sysinternals/bb896653.aspx

Na janela do Process Explorer, basta ir ao menu Find->Find Handle or DLL… Uma caixa de diálogo de busca é aberta. Basta digitar o nome do arquivo ou pasta que quer excluir para ser mostrada uma lista dos aplicativos que estão travando o arquivo:

Um duplo clique na linha fará com que você vá para uma janela em que todos os arquivos processo que bloqueiam arquivos podem ser vistos. Nele, basta seleciona o processo que está travando o arquivo, clicar com o direito e selecionar Close Handle:

Voilá! Seu arquivo está livre!

Bom proveito!

Referências:

http://windowsxp.mvps.org/processlock.htm

Baboseiras – Simulador o Windows 3.1 no browser

Fonte: INFO

Para os saudosistas de plantão, o programador americano Michael Vincent criou um simulador do Windows 3.1.

O simulador serve de interface para o site pessoal de Vincent. É uma volta ao tempo em que o Windows não tinha menu Iniciar e não suportava o botão direito do mouse. Estão lá alguns dos acessórios, como o bloco de notas, e até o joguinho Campo Minado, que roda perfeitamente (mas o truque de pressionar os dois botões do mouse simultaneamente não funciona). Não há sinal do Gerenciador de Arquivos, peça fundamental dessa versão do Windows. De estranhos, há links para o conteúdo do site, itens que, obviamente, não faziam parte do Windows 3.1. O simulador funciona com o Firefox 3.x e também com o Internet Explorer 7 ou 8.

Lançado em abril de 1992, o Windows 3.1 tinha arquitetura de 16 bits e rodava sobre o MS-DOS como se fosse um aplicativo. Foi a primeira versão do Windows a se tornar popular. Assim, ele levou a interface gráfica e o mouse ao PC, oferecendo uma alternativa viável ao Macintosh. Seu gerenciador de memória estendida quebrou a barreira dos 640 KB que existia no DOS, permitindo o desenvolvimento de aplicativos mais complexos. Também foi no Windows 3.1 que estrearam as fontes TrueType e os recursos de multimídia agrupados sob o nome Video for Windows.

O Windows 3.1 ficou conhecido, ainda, por travar completamente em algumas situações. Uma tela azul aparecia com a mensagem de General Protection Fault, a famosa GPF. E o jeito era teclar Ctrl+Alt+Del. Felizmente, Michael Vincent não incluiu esse comportamento em seu simulador.

Do autor

Para os webDevelopers de plantão, o proeza é feita toda em JavaScript!

😉