Arquivo da tag: Otimizar Computador

Dicas para otimizar o desempenho do seu computador

Pessoal seguem abaixo algumas dicas para “tentar” melhorar o desempenho do seu PC…

1 – Muito programa aberto é loucura

Não adianta querer fazer mais do que o micro permite. Quem tem uma máquina mais modesta deve controlar o número de aplicações abertas para evitar que a memória RAM livre acabe e o Windows passe a usar o disco rígido. Se isso ocorrer, a lentidão é inevitável. Um bom utilitário para ficar de olho no sistema é o Cool Beans System Info. Ele mostra três barras sua janela. A primeira é o uso do processado. A segunda é o uso da memória e a terceira mostra o quanto é usado da memória virtual (que é o uso do HD como extensão da RAM). Então é só ir trabalhando com o micro normalmente. Se a terceira barra começar a crescer, é preciso fechar alguns programas para manter a velocidade do Windows. Cool Beans System Info (http://superdownloads.uol.com.br/download/124/cool-beans-system-info/) Com skins de vários estilos, o programa é um ótimo fiscal dos recursos do Windows, em particular do cache de disco.

2 – Boot mais rápido é um alívio

Poucas coisas são tão irritantes quanto um micro que demora um tempão para começar a funcionar. Pois vários programas ignoram esse fato óbvio e se configuram para rodar assim que o Windows entra em ação. Não, não basta ir ao menu Iniciar e apagar essa configuração, pois alguns desses programas ficam escondidos. Mas há um utilitário do Windows que permite controlar o que roda quando se inicia o sistema operacional. É só ir ao menu Iniciar, selecionar Executar, digitar msconfig e clicar OK. Clique em “Inicializar” e desmarque os programas indesejados. A dica vale para Windows 9x/Me XP e NT.

3 – Não esqueça do checkup do disco rígido

O Windows já vem com os aplicativos mais úteis para manter a saúde do HD. Rodar o Desfragmentador e o ScanDisk freqüentemente aumenta a velocidade e evita bugs que podem comprometer o sistema operacional.

4 – Dar um jeito nos bugs do Windows é essencial

Dar um jeito nos bugs do Windows é essencial. Que o Windows tem bugs, ninguém discute. Praticamente toda semana sai uma correção da Microsoft. Acompanhar todos os patches para se livrar dos travamentos que os bugs causam exige paciência e tempo. O melhor mesmo é usar um software para avisar quando há algum remendo novo na praça. Existem dois programas para resolver esse problema. Ambos são ótimos e ainda avisam quando algum dos aplicativos instalados tem versão nova. São o BigFix e o CatchUp. E o melhor: os dois são gratuitos.

5 – Menos animação, menos enrolação

O Windows é cheio de animações e ícones que têm lá o seu charme. Mas tudo isso ocupa memória e tempo do processador. Que tal desabilitar esses recursos e ganhar um micro um pouco mais rápido? Então clique com o botão direito no desktop e selecione Propriedades. Clique em Efeitos e desmarque a opção Usar listas, janelas e menus animados.

6 – Cache na mão

Ajustar o cache de disco do Windows é uma tarefa que exige alto conhecimento de como se comporta o sistema operacional. Mas um programinha resolve tudo isso. O Cacheman faz todas as configurações para deixar o cache de disco mais rápido. É só ir respondendo às perguntas sobre o uso mais comum do micro (se é usado para jogos ou como servidor de rede, por exemplo) que ele deixa o Windows no ponto.

7 – Drivers fresquinhos

Estar com os drivers mais recentes do hardware instalado também ajuda a obter o melhor desempenho de cada dispositivo. Vá aos sites dos fabricantes regularmente e verifique se há novas versões. Prefira sempre versões estáveis. Drivers beta são apenas para corajosos e aqui coragem não é necessariamente sinônimo de inteligência.

8 – Liberando megabytes

Quando um programa é fechado, o Windows demora um pouco para recuperar a memória que era usada nele. Se um outro aplicativo for iniciado, pode faltar memória e o micro ficar lento. Esse problema não pode ser resolvido ajustando o Windows. Em compensação, existem ótimos programas para gerenciar a memória. Um deles é o RAMBooster. Ele fica monitorando a RAM livre. Caso comece a faltar memória, o RAMBooster sai liberando megabytes de programas que já foram fechados. O preço do RAMBooster é imbatível: ele é de graça. O autor só pede um cartão-postal, caso o software agrade.

9 – Hardware em dia

Toda vez que inicia, o Windows olha a lista de hardware e, se algum estiver com problemas, verifica se foram instalados drivers para ele. Isso demora bastante. Assim, uma boa providência para acelerar a inicialização é ter todo o hardware configurado. Para saber se está tudo em ordem, clique com o botão direito em Meu Computador e selecione Propriedades. Clique em Gerenciador de dispositivos e veja se algum dispositivo está com um ponto de interrogação. Se houver, ele não está configurado corretamente. Instale os drivers corretos e veja o Windows entrar rapidinho.

10 – Retire o Autorun

Quem nunca ficou com o micro travado ao inserir um cd no drive? Isso acontece porque o sistema operacional tenta executar automaticamente uma aplicação no cd e, enquanto ela não aparece, o computador fica muito lento. Para resolver isso, desabilite esse recurso clicando com o botão direito em Meu Computador, depois em Gerenciador de Dispositivos. Selecione o drive de CD-ROM, clique com o botão direito nele e selecione Propriedades. Então desmarque a opção Inserir notificação automaticamente. O único senão é que as aplicações no cd terão de ser executadas manualmente.

11 – Registro bom é Registro limpo

O Registro é onde o Windows guarda configurações de programas e do próprio sistema operacional. Nos processos de desinstalação, muitos softwares não apagam seus itens no Registro, o que acaba deixando-o enorme. Ainda bem que existem bons programas para limpar e otimizar o Registro. Um deles é o Registry Healer, que deixa o Windows em forma e sem problemas.

12 – Browsers velozes

Cada vez mais lotados de recursos, navegadores populares, como Internet Explorer e Netscape, acabam ficando pesados demais para certos PCs. Mas há outros mais leves à altura como o Mozilla, Opera, entre outros. Teste outros browsers e escolha o que você achar melhor.

13 – Buscadores espertos

Pesquisar na internet é moleza com a ajuda de programas que reúnem vários mecanismos de busca ou plugam um atalho no navegador.

Google Toolbar
A barra de tarefas que o Google pendura no Internet Explorer (5 ou superior) é uma mão na roda para buscas rápidas. Procura o que foi pedido na web e nos sites encontrados, mede a popularidade das páginas, marca em amarelo as palavras requisitadas na busca e procura a próxima incidência delas.

14 – Procure os espelhos

Sites muito ocupados, como o Tucows, de downloads, adotam espelhos de seu conteúdo em servidores de vários pontos do planeta para dar vazão aos inúmeros pedidos. Procure o servidor mais próximo de você ou o classificado como mais veloz.

15 – Download expresso

Download expresso A transferência de um programa pela internet está sempre sujeita à queda de conexão, à perda de dados ou a uma demora enervante. Livre-se da espera e do retrabalho com gerenciadores de download.

GetRight
O GetRight gerencia muito bem os downloads. Assim que um arquivo é pedido, o programa procura links de onde possa copiá-lo mais rapidamente, podendo dividir a transferência entre vários servidores. Se a conexão cair, continua o download do ponto em que parou. Pode ser programado para fazer a conexão, buscar o arquivo e desligar a máquina na madrugada, enquanto você dorme.

Download Accelerator Plus

O programa acelera os downloads dividindo os arquivos em várias partes e transferindo todas ao mesmo tempo. Procura servidores mais rápidos, retoma downloads interrompidos e pode baixar todos os links de uma página da internet. Funciona com vários browsers, mas pluga uma barra de ferramentas própria, com buscador e marcador, apenas no Internet Explorer.

fonte: http://www.cti.com.br/informacoes/veloc/veloci.html

Adrian Sampaio – www.umtoquedemotivacao.com